domingo, 22 outubro 2017
Aviso

COMUNICADO
  1.      Os Jogos Universitários "Interfef" ocorrem dentro de um Projeto Acadêmico alicerçado nas atividades culturais e desportivas que buscam atuar em favor à universalização e aprimoramento da educação. Estas ações são estimuladas pela Lei n° 9.394/1994, pelo Decreto nº 6.180/2007 e pelo Plano Nacional de Educação.

         Assim, o "Interfef", está inserido no Plano de Desenvolvimento Institucional (PDI), faz parte das atividades letivas regulares da IES e dos cronogramas das disciplinas dos cursos. Desta forma as atividades são acompanhadas obrigatoriamente da FREQUÊNCIA DE TODOS OS ALUNOS e não só dos atletas devidamente inscritos nos jogos.

  • Imagem da Galeria da Notícia: Docente da FEF tem trabalho premiado no Congresso Internacional Resag 2017
  • Imagem da Galeria da Notícia: Docente da FEF tem trabalho premiado no Congresso Internacional Resag 2017
  • Imagem da Galeria da Notícia: Docente da FEF tem trabalho premiado no Congresso Internacional Resag 2017

Docente da FEF tem trabalho premiado no Congresso Internacional Resag 2017

 

Tony Rogério de Lima Dadamos, professor dos cursos de Química, Farmácia, Biomedicina e Engenharia Ambiental da Fundação Educacional de Fernandópolis - FEF, participou recentemente do 3° Congresso Internacional Resag 2017 na cidade de Belo Horizonte. In loco apresentou o trabalho científico de tema: “Utilização de simulações de Monte Carlo para o cálculo da estimativa de incerteza na detecção eletroquímica de ácido úrico em amostras de plasma”, sendo o mesmo classificado em 1° lugar na categoria “Incerteza”.

De acordo com o professor, o trabalho foi desenvolvido na FEF através das Clínicas Integradas, de modo que foi disponibilizado coletas de amostras de sangue para os procedimentos de análise. Além dessa parceria, o estudo contou com o apoio da IBILCE - UNESP e da Universidade de Lisboa.

Na Fundação, cinco alunos dos cursos de Química, Farmácia e Engenharia Ambiental já realizaram projetos nessa linha de pesquisa, e atualmente mais três alunos estão desenvolvendo o tema em seus trabalhos de iniciação científica.

Segundo o discente, o encontro proporcionou uma ampla troca de experiência. “Participar de eventos como esse, é um meio de nós professores incentivarmos nossos alunos a também participarem, além disso, é gratificante poder estar em um congresso desse nível.”

Quanto ao prêmio, Tony disse que não esperava - o. “Eu fiquei muito surpreso com a premiação, claro que almejava ter meu trabalho reconhecido, mas não imaginava que seria dessa forma tão honrosa”, contou o professor com um sorriso no rosto.

Mais Notícias

Faça seu comentário

Seu e-mail não será exibido!



Ir para o topo